Inodes Cheios no Linux, como identificar onde está o problema.

Olá!

Essa é uma dica bem simples do que aconteceu comigo.

Como a maioria deve saber o HD da máquina pode não estar cheio e ainda assim você não conseguir gravar mais arquivos devido a falta de Inodes no HD.

Mas o que isso significa? Toda vez que você cria um novo arquivo no linux ele usa um espaço no HD chamado Inode. Você pode então não estar com todos os Gbs ou Tbs do seu HD cheio, mas sim com o HD faltando Inodes.

Para identificar quanto de Inodes temos disponível é fácil basta usar um:

df -hi

Filesystem Inodes IUsed IFree IUse% Mounted on
/dev/sda3 32M 54K 32M 1% /

Bom no meu caso aqui como da pra ver estou usando somente 1% dos inodes disponíveis. Quando uso o comando df no linux sempre gosto da opção ‘h’ pois fica mais fácil de visualisar de forma ‘humana’ como diz o próprio comando. Já a opção i é para verificar os inodes e não o espaço em disco.

Aí você se pergunta: “E se os inodes estão cheios, como verifico onde esão as pastas que contem mais arquivos para que possa verificar  o que está ocorrendo ?”, fácil é só usar esse comando abaixo:

find / -xdev -printf ‘%h\n’ | sort | uniq -c | sort -k 1 -n

Ele vai listar todas as pastas do sistema e organizar de forma que  você visualize aquelas que contém mais arquivos.

Espero ter ajudado! Até a próxima!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s